A TERRA DE PONTE: Outubro 2008









segunda-feira, 27 de outubro de 2008

HOMENAGEM AO PROFESSOR VICTOR ARAÚJO

Será hoje homenageado o nosso querido professor Victor Simões de Araújo, é mais do que justo este acto de reconhecimento público, por tudo o que este Homem deu em prol do desporto e da juventude limiana.
Lembro-me ainda os primeiros dias de aulas, em que no velhinho edifício do hospital velho, onde funcionava a Escola Técnica de Ponte de Lima, foi dar com aquele amigo e entusiasta do desporto.
Todos gostávamos das aulas de Educação Física, mas orientadas por aquele professor, não havia faltas.
Ao longo dos anos fomo-nos encontrando em várias outras situações e uma delas jamais me esquecerá é precisamente o momento em que este grande Homem decide que poderia dar um pouco mais de si a Ponte de Lima e decide concorrer á Câmara Municipal de Ponte de Lima, não foi eleito, mas o seu Amor a esta terra não se modificou.
Por isso, parabéns prof. Victor Araújo.

Etiquetas: , ,

sábado, 25 de outubro de 2008

a votação para o maior limiano de sempre

sábado, 18 de outubro de 2008

PRIMAVERA - Do livro "Chão de Amor"



Primavera

Que bem se respira esta manhã!
É Primavera! Como cheira a terra!
Que belo ar! Que bela aragem sã?
Que bem teu Corpo cheira oh minha Terra!

Mas esse ar que te percorre a face
e que te aquece! Oh minha terra! E que te impele
é como o beijo morno que eu deixasse
correr suave! Oh moça! A Tua pele.

Mas esse odor a terra, o odor que estua
de toda a leiva núbil que rescende
é simplesmente o mesmo odor da Tua
virgínia carne! Amor! Que a minha ascende.

Este ar, este cheiro a terra faz-me
o mesmo mal que a noiva que foi minha.
Respiro e tenho, quanto a aragem traz-me,
nos meus sentidos… como a Ela tinha.



Do livro “Chão de Amor”

Etiquetas: , , , , ,

Opiniões sobre António Vieira Lisboa




Lírico, o poeta canta o amôr, a mulher, a forma, a linha ondulante dum corpo, a música indizível dum beijo. Está dentro da tradição do lirismo Português e, sendo um dos últimos chegados, enfileira, nesse ponto, entre os primeiros.



“O Primeiro de Janeiro, de 5 de Maio de 1943”
(Sobre o livro “Mulheres”)

Etiquetas: , , , ,

quarta-feira, 15 de outubro de 2008

SUGESTÕES: Para o Municipio

Transito:


È cada vez maior a preocupação em preservar o ambiente, nomeadamente na redução das quantidades de CO2, que são emitidas para a atmosfera.

Para isso tem sido proibida a circulação de veículos automóveis nos centros das vilas e cidades.

Ponte de Lima, também tem tido essa preocupação.

Mas em meu entender pode ir mais alem nas medidas restritivas à circulação de automóveis no centro histórico; Assim, deixo a título de sugestão ao município as seguintes ideias:

- Proibir a circulação na rua Inácio Perestrelo.
- Limitar a circulação no Passeio 25 de Abril, permitir o transito no sentido ascendente.

Criar um espaço no areal, a título provisório, enquanto é lançado um concurso de ideias para criação de um parque de merendas, onde os mesmos possam estacionar, proporcionando a essas pessoas condições de higiene e dignidade.

Finalmente, parece-me que se torna imperioso pensar na construção de um anel rodoviário envolvente a Ponte de Lima, capaz de permitir uma maior fluidez na circulação em torno da vila limiana.

Etiquetas: , , , ,

domingo, 5 de outubro de 2008

ANTÓNIO VIEIRA LISBOA - Poeta (1908-1968)

DO LIVRO "CHÃO DE AMOR"

fotografia da quinta do Bom Sucesso e vista da casa da Quinta da Aldeia

A Velha Quinta

Os dois ambinhos temos uma Quinta…
e, nessa Quinta está o nosso Lar.
A Quinta abrange o nosso mundo inteiro
que fica nesse simples só lugar.

E, fome ou sede, quanto a terra sinta,
passa-se em nós, sentimos nós em par.
A terra é o nosso Corpo…mas, primeiro
a ela damos p’ra depois nos dar.

E a casa que essa Quinta tem ao meio
É onde a Alma tem o Seu Altar.

E o mesmo Amor que aos dois ambinhos liga
é o que sustêm a Quinta nossa amiga.

Dos Avós foi…Dos nossos pais nos veio…
Aos nossos filhos vamos nós deixar.



Do Livro “ Chão de Amor

Etiquetas: , , ,